Exigências das famílias atuais

As mulheres estão a ter o primeiro filho cada vez mais tarde. De uma maneira geral, a maternidade que antes era entendida como o principal papel da mulher passou agora para segunda prioridade.

Conciliar o emprego, a formação profissional contínua e as responsabilidades familiares representam um dos maiores desafios que as famílias portuguesas enfrentam.

Este stress faz-se sentir desde muito cedo quando os pais são pressionados para regressar ao trabalho, o que origina uma separação brusca e precoce num bebé com fracos recursos emocionais, e numa mãe que se sente culpa por não conseguir conciliar a nova realidade.

Sendo família o ecossistema mais importante, onde a criança aprende e adquire a sua identidade, é fundamental que esta se adapte às novas exigências dos tempos atuais e que reinvente uma forma a encontrar o seu equilíbrio.

Enquanto técnicos, educadores e cuidadores devemos estar mais sensibilizados para estas exigências da era moderna e orientar os pais para interações positivas e significativas sem julgar ou pressionar e orientar as famílias de forma a privilegiar a vinculação com o novo ser  e diminuir o nível de stress Estas experiências são fundamentais para desenvolvimento social adequado e para a regulação dos futuros  estados emocionais da criança.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: